terça-feira, 23 de maio de 2017

ócio

O ócio faz o vício
e do vício um ofício
E o prazer das coisas simples
já não é mais tão simples de sentir
Vira desperdício
De viver
De sentir
De fazer
De ser

segunda-feira, 28 de março de 2016

Ansie dade

Ansiedade
Ansia
Sede
Vontade

Medo de não saber o que vem de lá
Medo de não conseguir esperar
Ou achar que não consegue
Medo que se desespere

Medo de não saber se vai dar
Se vai dar pra chegar
Se vai chegar
E se chegar? E aí?
O que que a gente faz

O que que a gente sente
A gente mente
Tenta enganar, deixar pra traz.
Finge não sentir
Porque sente demais. 

terça-feira, 23 de junho de 2015

Esperar

Odeio gostar de você
Por mais que eu me importe
Já não quero mais contar com a sorte
De esperar pra ver

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Ah se soubesse

Se soubesses como eu sofro
Enquanto espero uma resposta
Poderia fazer uma aposta
Que não demoraria tanto. 

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Fica pra outro dia ser uma obra prima, que não fede e nem cheira, que não fode e nem sai de cima.

Tudo que ela tinha eram suas experiências, para somar com as dele.
Tudo que ela queria, era alguém, não pra chamar de seu, mas que poderia ter as vezes.
Acostumou a trata-lo como mandaram tratar
E não como achou que deveria.
Era grossa, era direta e as vezes até fria.
Por tanto medo de apegar, acabou se apegando mas demonstrando do jeito errado.
Ela não sabia se queria um relacionamento, mas por analisar demais, se perdeu, gostando, mas sem ficar apaixonada.
Acabou sem saber o que de fato ele queria, e ele por sua vez, talvez, nem queria nada.