domingo, 11 de abril de 2010

Levantar do desperdicio

Ela então pensa que aquilo tudo era um passatempo
Coisa de momento, resolve se levantar
E seguir sem pensar, fazer o que o coração mandar
Seguir sem se lamentar, e os problemas esquecer
Sem se preocupar com que os outros vão dizer

2 comentários:

Rafael disse...

É assim que tem que ser...
bjs

Maria disse...

Ela começa a viver!

Um beijo, moça =*