domingo, 13 de junho de 2010

Devolva-me o que você levou...

Antes era completo
Hoje sou só pedaço
Escasso, de uma parte do fim

E o meu eu inteiro
Virou o resto que sobrou
De tudo que você sugou de mim.

9 comentários:

Jéssica F. disse...

Que intenso e triste :/

Julia Melo disse...

Que intenso e triste :/
cara se eu não arrumar um emprego ou um namorado vou entrar em depressão lendo esse tipo de coisa.

beijos

Jeniffer Yara disse...

Triste mas real,já vivi isso!

Bjs!

Rodolpho Padovani disse...

íncrivel como vc sempre consegue dizer tanta coisa em poucas linhas, esse tá profundo e triste...

e não precisa de sentir saudade do meu blog não, passe lá, haha...

Bjs =)

Umrae disse...

Ainda bem que depois de um tempo a gente se refaz, repõe o espaço de tudo o que foi arrancado com reflexões, coragem e um pouquinho mais de sabedoria para encarar a vida novamente, né?

Eu acabei ficando curiosa com uma coisa que você postou nos comentários lá do blog. Por que você "não é favor"? Não estou condenando nem nada, só queria entender o que você quis dizer.
Agora quanto a menina, se for verdade é uma coisa, agora se for aquela mania de querer "capitalizar" em cima, dizer isso só para chamar atenção ou conseguir popularidade, acho desrespeitoso com quem é e tenta lutar por direitos civis e para ter uma vida normal.
Se você se sentir constrangida de responder por comentário no blog, visto que o tema é polêmico, me manda por e-mail (tem link no blog).

Paulo Vitor Cruz disse...

Fiquei foi preocupado com a julia (vide um dos comentários acima..) e a sua potencial depre...

*qto ao texto, me lembrou do pessoa..

besos e feliz semana ae.

Paulo Vitor Cruz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Brenda Matos disse...

Se o outro pedaço estiver com ele, não se preocupe... eles têm a tendência de cedo ou tarde se juntarem, novamente.

Beijos, Stellitcha!

Novembro. disse...

Lindo verso! Gostei de como escreve. Um beijo