quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Bipolar idade

Posso ser careta
E as vezes estar carente
Gostar de todo mundo
E não querer mais ver gente
Acho que tenho alguma sindrome
Talvez da bipolaridade
Talvez seja culpa da idade
Pode ser que seja mentira
Ou talvez, quem sabe seja verdade
Eu te odeio, e te amo
Mas não te engano, você vai saber
O tempo que eu estiver em cada fase
E talvez possa ate escolher
Se não quiser conviver...
Sua chance de se ver livre de mim

3 comentários:

Victória Resende disse...

Aproveito pra dizer que sinto uma puta inveja literária de você. (se pá, eu também sei rimar xD)

Muito bom, Stell! Aliás, como sempre.

Mikaele Tavares disse...

Adorei a poesia e as rimas...Imaginei até uma cena rsrs

Jeniffer Yara disse...

Eu acho que também tenho a síndrome da bipolaridade,rs Parece que todos temos,todos temos nossas fases,e nossos lados,bons e ruins...

Ah como sempre você escrevendo poemas maras *.*

Beijos