segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Quem liga pra titulo quando o coração tá doente?

Quando o mundo desanda
E a porra toda desaba
O chão desmancha sob seus pés
Não há alternativas,
O sentimento de esperança já não existe mais.
Não há luz no fim do túnel
O coração sangra, a alma chora

É engraçado como pode perder sentido da vida
Alguém que nunca viveu
É engraçado o sentimento de impotência e de derrota
De quem nunca foi à luta

Cansada de clichês baratos
E de palavras que custa caro,
Falsas amizades, falsos sentimentos, falsos prazeres.
Ironia é saber que ninguém pode te fazer bem
Por um mal que você mesma fez a você.

Disseram-me pra que descansasse o corpo
Por que a alma se refaz com o tempo
Mas a verdade é que se a alma não estiver em paz
Nada mais fica.

6 comentários:

Bruna Gabriela disse...

Para de show.
Põe na mão de Deus e espera.

- lord ♪ disse...

Sem palavras bonitas agora, quando tudo está uma merda nem mesmo as palavras confortam. O máximo que posso dizer é que nenhuma merda é pra sempre, e é claro que o sol volta amanhã. Mando um abraço e fica o elogio, transformar as merdas da vida em poesias não é pra qualquer um, teu talento é notável.

disse...

uma coisa é certa: você só vai pra frente depois que você abandona coisas que não te fazem bem, isso inclui pessoas.

:D

Jeniffer Yara disse...

Sua alma precisa estar em paz antes de tudo, e é, é difícil conseguir isso, mas com o tempo e com pessoas que amamos ao nosso lado, conseguimos.

Beijos

Letícia Giraldelli disse...

Stella Rodrigues, eis aqui uma garota do outro lado da tela, que é tua fã!

Eu literalmente proclamei teu poema, lindíssimo!

Mikaele Tavares disse...

Nossa que desabafo, Stella...Mas,eu concordo em descansar, é preciso para que a alma também descanse!
Belo texto!