sábado, 29 de outubro de 2011

Sem nome, sem vida.

As pessoas saem da sua vida com uma facilidade
E voltam pra mostrar que não foram de verdade
Mas você preferia que elas tivessem ido

As lembranças ruins você esquece
Mas do nada elas voltam
Pra te trazer arrependimento
E você se odeia por não ter esquecido.

9 comentários:

Fernanda. disse...

É realmente sempre assim. Me odeio por isso e outras coisas mais.

Gabriela Freitas disse...

Exatamente isso.

Mariana Andrade disse...

puta merda.


o comentário é auto-explicativo.

Paulo Vitor Cruz disse...

eu me odeio o tempo todo. nem preciso que as pessoas voltem. mas se elas voltam, eu odeio elas tbm. pelo menos posso dividir o meu odio com elas, né? assim escapo do suicídio dia após dia.

Jeniffer Yara disse...

"As lembranças ruins você esquece
Mas do nada elas voltam
Pra te trazer arrependimento
E você se odeia por não ter esquecido." - É isso, exatamente isso.

Beijos

Luna Sanchez disse...

É o preço que pagamos por nos mantermos disponíveis e esperançosos...Tem gente que abusa disso.

=*

Maria Midlej disse...

Eu digo que é bom não esquecer. O problema é quantas vezes temos que ser lembrados.

Lindeza.

Letícia Giraldelli disse...

Um texto mais verdadeiro, impossível!

Mikaele Tavares disse...

Oii Stella,
Belas palavras... A vida nso prega cada surpresa e os sentimentos são mais confusos ainda quando acordados rsrs