segunda-feira, 26 de março de 2012

Não foi assim, que eu sonhei a nossa vida.


Não temos certeza do amor
Não temos certeza da dor
Não temos certeza do reencontro
Não temos certeza da vida
E mesmo assim, ta dificil aproveitar os momentos.

6 comentários:

Marcos Satoru Kawanami disse...

Stella,

Há um conto do Malba Tahan próprio para estes momentos, o qual se intitula "Iazul", que significa: "passa" em língua persa. É muito significativo.

=)
Marcos

coffee-break disse...

Talvez a incerteza nos faça recuar, mas os momentos sempre serão aproveitados na hora certa.

Basta aguardar. :)

Bruna Gabriela disse...

A falta de certeza faz isso mesmo com gente.
Viver é melhor do que pensar se existe alguma certeza na vida.

Paulo Vitor Cruz disse...

vai ver a dificuldade vem de n querer a incerteza, mas é só um 'talvez' mesmo...

beijo, nêga.

Fred Caju disse...

Por que ter tantas certezas exigidas? Pessoa já dizia: Viver não é preciso.

Letícia Giraldelli disse...

Eu por exemplo aproveitei os momentos apenas quando tinha a certeza que eu amava e era amada.
Certeza que tudo isso me trazia dores (as vezes)devido alguns seres humanos que insistem em desatar namoros.
Quando eu tinha certeza que a vida era bonita e que eu queria vivê-la intensamente!
Agora que todas essas certezas saíram correndo... Pra longe... Tá difícil!

beijo, Stella!